Teocentrismo – O que é? Definição

Teocentrismo é a doutrina que considera Deus o centro de todo o Universo, sendo ele o criador de todas as coisas, a principal base de toda a realidade. Assim, nada é maior que Deus, sendo ele o responsável por criar e controlar tudo o que existe. As posições teocêntricas estão presentes na maioria das abordagens religiosas, sendo próprias das religiões monoteístas: cristã, judaica e muçulmana.

A palavra Teocentrismo vem do grego, theos “Deus” e kentron “centro”, que literalmente significa “Deus como centro do mundo”. Dessa maneira, os teocentristas explicam à realidade a partir da vontade de Deus, nesse contexto a ciência passa a ficar em segundo plano.

Teocentrismo e idade média

A idade média era “regida” pelo teocentrismo, sendo a Bíblia e Deus considerados como as únicas verdades de todo o universo. Assim, qualquer tipo de ideia que fosse contrária a esse pensamento era fortemente reprimida pela igreja da época.

Características do teocentrismo na idade média:

  • A religião exercia um poder absoluto;
  • Deus era o centro do Universo e de tudo o que existe nele;
  • Pensamentos científicos eram reprimidos e tidos como heresias;
  • A Terra era considerada o centro do sistema solar;
  • Base das religiões monoteístas.

Entretanto, a partir século XVI com o surgimento do humanismo renascentista e da ocorrência de diversas transformações sociais, filosóficas e históricas na Europa, nascia a ideia do homem como o centro do universo, o antropocentrismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *